3 _ As casas vitorianas e os marshmallows

Da série “Amanda Pro Canadá”

Foto: Rodrigo Fessel Sega.

Rodrigo Fessel Sega é sociólogo pela Unicamp

Da série “Amanda Pro Canadá

Ao final de 2010, com 27 anos, Amanda retornou de sua viagem para Portugal com o noivo e passou semanas pesquisando na internet qualquer conteúdo sobre o Canadá. Seu noivo havia conseguido um bom emprego em uma empresa de médio porte em São Paulo e, apesar de a amiga de Amanda dizer que sua carreira era muito bem aceita no Canadá, ele não estava empolgado em mudar-se naquele momento de país e começar do zero.

Amanda, não. Ela estava deslumbrada com o Canadá. As casas vitorianas de dois andares, construídas entre vielas e árvores robustas, realçavam sua beleza aos espelharem o branco da neve recém-caída. Lembrava-se de seu intercâmbio para Nova Iorque quando era adolescente e tinha saudades de voltar àquele lugar. De voltar à sua última semana na cidade, àquela banca de jornal com uma revista sobre o Canadá. Queria conhecer Montreal e o rio congelado de Ottawa. Na internet, via as fotos de mulheres brasileiras com seus filhos e queria ser como elas. Imaginava-se patinando no rio, enquanto seu noivo a filmava. Certa noite, sonhou que estava em uma casa vitoriana em frente a um lago e não conseguia achar um galho para espetar os marshmallows. Passou o sonho todo procurando por um, enquanto todos assavam suas guloseimas. Acordou apavorada, achando que todos estavam se divertindo, menos ela. Seu noivo ria de sua gritaria por marshmallows.

Sobre Jornal de Toronto (717 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: