Editorial da Edição #30

Seja como for, é sempre muito importante olhar para nosso passado para viver um presente melhor. Há uma tendência da memória em apagar certos acontecimentos, ou nos deixar entregar aos duros fatos do presente. Mas, por outro lado, também somos nós que fazemos o presente; então, gurus, modinhas e ideologias miraculosas não podem nos deixar levar e esquecer o que nos faz humanos e o que torna melhor nossa convivência uns com os outros.

Essa edição resgata e conecta assuntos que, talvez por uma breve distração, deixaríamos passar. A precariedade da arquitetura de Carlos Bunga, a massificação de Cristiano de Oliveira, a recuperação da história de Gilberto Fernandes, a resiliência de Maria Clara, assim como a limitação que Schuster descreve ou a fantasia de Valf e Rodrigo Toniol são algumas das matérias que você poderá curtir, e refletir, esse mês no Jornal de Toronto.

E, para muito breve, o JdeT está preparando uma surpresa para todos os leitores e anunciantes. O ano de 2020 promete. Portanto, fique ligado e não deixe de curtir e acompanhar nossa página de Facebook. Boa leitura!

Sobre Jornal de Toronto (581 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: