News

Dólar é investimento?


Sobre a opinião daquele seu cunhado no almoço de domingo.

Foto: Thomas Breher.

Alexandre Rocha é colunista do Jornal de Toronto

Quem é que nunca escutou aquela dica do cunhado no almoço de domingo: “Compra dólar porque vai subir!”. Será que você está realmente investindo o seu dinheiro ao comprar uma moeda?

No mundo financeiro, o dólar é um ativo de renda variável. Isso significa que o retorno do capital não pode ser mensurado no momento da aplicação. O dólar é imprevisível e sofre influência de eventos domésticos e globais 24 horas por dia. A qualquer momento, para o bem ou para o mal, tudo pode mudar. 

Em finanças, prazo é tudo! Nada mais justo usar o prazo para explicar um pouquinho sobre o dólar.

Curto Prazo

Se você está comprando a moeda pensando no curto prazo, então você está especulando. Sim! Você acredita que em pouquíssimo tempo o dólar se valorizará e você poderá se beneficiar desta rentabilidade positiva. Não há nada de errado em se aproveitar de um momento de curto prazo, mas saiba que para acertar o timing correto você vai ter que estudar muito o mercado, adquirir ferramentas de análises e contar com um pouco de sorte. Pouco provável que ela apareça para você em um almoço de domingo.

Médio Prazo

Aqui a história já muda um pouco. O investidor se posiciona no médio prazo com o intuito de diversificar a carteira de investimentos e de proteger (“hedgiar”) o patrimônio. Fazer um hedge é fazer uma proteção. Geralmente, em um momento de estresse nos mercados globais, o dólar valoriza e os preços das ações caem. Entre 5% e 10% do portfólio são alocados em dólar, aguardando esta oportunidade de valorização. É com este lucro que o investidor vai ao mercado comprar mais ações a preços baixos para o seu portfólio.

Longo Prazo

Se você está pensando em “investir” em dólar no longo prazo, para construir patrimônio ou se aposentar, esqueça! O histórico de rentabilidade mostra que a moeda perde para a poupança e para a taxa de juros brasileiras. O risco é alto com baixo retorno.

Então, em que situações é indicado a aquisição do dólar? A compra de dólares é indicada para pessoas que pretendem viajar, possuem despesas em moeda estrangeira ou estão protegendo o patrimônio. Para as viagens, você pode ir adquirindo a moeda aos poucos e ir fazendo um preço médio com a cotação. Para a proteção, você pode utilizar os fundos cambiais ou comprar na Bovespa, papel de empresas que operam no mercado internacional. Compre dólares buscando se proteger da volatilidade dos mercados globais.

Agora, quando rolar aquele papo no almoço de domingo, fala para o seu cunhado que você está “hedgiado” no dólar.

 

Sobre Alexandre Rocha (10 artigos)
Alexandre Rocha é trader nos mercados futuros do Brasil, EUA e consultor financeiro independente. Em 2014, deixou o Banco do Brasil para fundar a consultoria Aletinvest. Se formou em economia pela UCAM-RJ e é mestre em Études Internationales pela Université de Montréal. Atualmente mora em Montreal, mas é apaixonado por Toronto. _ www.aletinvest.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s