News

Filmes da semana!


Veja os dois filmes vencedores do prêmio Globo de Ouro.


Leandro Calado é jornalista pela Universidade Federal de Sergipe e mora em Toronto

No último domingo, 7 de janeiro, aconteceu a 75ª edição dos prêmios Globo de Ouro. Com a apresentação de Seth Meyers, o evento celebrou a excelência artística da televisão e do cinema, em uma noite marcada por fortes discursos sobre o papel da mulher neste meio e a constante luta pela igualdade de gênero na indústria. Isto refletiu diretamente na escolha dos longa-metragens vencedores nas categorias “Melhor Filme de Comédia ou Musical” e “Melhor Filme de Drama”. Tanto a comédia Lady Bird quanto Three Billboards Outside Ebbing Missouri trazem duas mulheres de personalidade forte como protagonistas.

Lady Bird é um trabalho primoroso da diretora Greta Gerwig. O filme retrata o momento de transição da juventude para a vida adulta de uma forma muito honesta e delicada. Situada em Sacramento no ano de 2002, o longa acompanha Christine (Saoirse Ronan), cujo nome artístico – dado por ela mesma – é Lady Bird, no seu último ano na escola e o seu desejo de se mudar para Nova Iorque, onde pretende estudar numa faculdade de artes.

A beleza da trama está na imperfeição dos fatos e isto pode ser notado principalmente na relação entre Christine e sua mãe Marion (Laurie MetCalf). O longa não tem medo de apresentar um elo entre mãe e filha completamente danificado. É fascinante ver atuações tão excelentes nos momentos em que as personagens divergem suas opiniões. Não é difícil entender a razão de Lady Bird ter sido um sucesso de crítica e público, pois é um filme afável e despretensioso, que conversa com a audiência sobre uma fase marcante da juventude. Além do prêmio de “Melhor Filme de Comédia ou Musical”, Lady Bird garantiu o Globo de Ouro de “Melhor Atriz em Filme de Comédia ou Musical” para Saoirse Ronan.

Já em Three Billboards Outside Ebbing Missouri, do diretor Martin McDonagh, não existe delicadeza nenhuma. O drama de humor obscuro narra a história de Mildred Hayes (Frances Mcdorman) e a sua luta por respostas sobre o assassinato de sua filha. Após meses sem retorno da polícia local, Mildred paga o aluguel de três outdoors situados na entrada da cidade de Ebbing, com frases provocativas direcionadas ao xerife William Willoughby (Woody Harrelson). A atitude não é vista como positiva pela maioria da cidade e irrita principalmente o subordinado de William, o policial Dixon (Sam Rockwell) que, ao temer pela reputação da polícia, começa uma guerra com Mildred.

A raiva e a busca por culpados são os motores do filme e isto não se resume apenas a personagem da Frances. O longa apresenta de uma forma única como o ódio pode movimentar o mundo e como procuramos justificar com atitudes dos outros os nossos próprios problemas. Three Billboards Outside Ebbing Missouri foi o vencedor de quatro prêmios Globo de Ouro, sendo eles “Melhor Roteiro”, “Melhor Atriz em Filme de Drama”, “Melhor Ator Coadjuvante” e “Melhor Filme de Drama”.

Sobre Leandro Calado (16 artigos)
Nascido no Rio de Janeiro e nordestino de coração, Leandro Calado é jornalista graduado pela Universidade Federal de Sergipe. Em 2017, trocou o menor estado do Brasil pela imensidão de Toronto. Apaixonado pela sétima arte e cultura pop em geral, escreve semanalmente para a versão online do Jornal de Toronto, onde indica (ou não) filmes para os leitores.

7 comentários em Filmes da semana!

  1. Que texto maravilhoso! Louca pra assistir os filmes

    Curtir

  2. Maravilhosooo

    Curtir

  3. Texto maravilhoso, Léo! Quer muito ver ambos e depois dessa acho que há vejo um hoje mesmo aubeuabra

    Curtir

  4. amei o texto! Ansiosa pra ver esses filmes

    Curtir

  5. Adorei o texto!!! E os filmes!!!

    Curtir

  6. Doida pra assistir!

    Curtir

  7. Parabens pelo texto! Three Billboards eh sim um filme fantástico, vou discordar so um pouquinho: eu o achei delicado sim pela ausencia de rancor em retribuição a comportamentos violentos, como por exemplo atitude do menino jogado da janela qdo dando o copo de suco de laranja pro policial que cometeu a brutalidade contra ele, o cuidado do chefe de policia em deixar a carta pra Mildred, o policial depois de todas as barbaridades que fez contra ela que se dispoe a ajuda-la, mesmo sabendo que ela foi tb a causa do acidente que sofre. Mas eh um filme que se mostra aspero pq as relações humanas tendem a se tornar asperas qdo a falta de justica incomoda, ou qdo as pessoas julgam que uma injustiça foi cometida. Um filmaço que no ultimo festival internacional de cinema de Toronto foi votado favorito pela público!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s