News

Filme da semana!


O diretor Guillermo del Toro atinge o ápice da sua carreira com o aclamado “The Shape of Water”, que lidera o Oscar 2018, onde concorre em 13 categorias.


Leandro Calado é jornalista pela Universidade Federal de Sergipe e é colunista do Jornal de Toronto

Referência da maquiagem cinematográfica, o diretor Guillermo del Toro atinge o ápice da sua carreira com o aclamado drama de fantasia The Shape of Water (2017). “Foi preciso 25 anos [para ganhar este prêmio]!”, exclamou Guillermo ao vencer o Globo de Ouro de “Melhor Diretor”. O longa-metragem acumula 69 vitórias e 207 indicações em premiações ao redor do mundo – inclusive lidera o Oscar 2018, onde concorre em 13 categorias.

The Shape of Water é uma aventura protagonizada por Elisa Esposito (Sally Hawkins), uma faxineira muda a serviço de um laboratório de pesquisas ultrassecretas nos Estados Unidos durante os anos 50. Enquanto limpava uma das salas de pesquisa com sua colega Zelda Fuller (Octavia Spencer), Elisa se depara com o novo projeto de Richard Strickland (Michael Shannon): o Homem-Anfíbio (Doug Jones), uma criatura recém capturada das águas da América do Sul. Imediatamente Elisa sente uma conexão com o ser aquático e ao perceber maus-tratos sofridos por ele durante a pesquisa, ela se compromete a resgatá-lo a qualquer custo.

Sally Hawkins e Octavia Spencer no filme “The Shape of Water”. Foto: Fox Searchlight Pictures.

O filme é uma espécie de conto de fadas com uma roupagem noir. Sua estética lembra muito o sucesso francês do diretor Jean-Pierre Jeunet, Amélie (2001), porém é possível enxergar a assinatura de Guillermo em cada detalhe. Assim como o clássico francês, o longa-metragem transmite uma aura romântica em meio a esquisitices. O fator “del Toro” mais explícito está na construção do Homem-Anfíbio, que prova mais uma vez que a parceria entre o diretor e Doug Jones resulta em um produto positivamente memorável.

Sally Hawkins domina a trama desde o primeiro momento. A atriz entrega uma performance emocionante de uma personagem completamente apaixonante. A mudez de Elisa não a limita. A deficiência é apresentada apenas como mais uma diferença entre as inúmeras que caracterizam os seres humanos. O mutismo na obra serve principalmente como argumento para aproximá-la do Homem-Anfíbio, uma vez que entende como é ser julgada por atributos físicos. Destaque também para as atuações de Michael Shannon, que vive o vilão do filme, e para Richard Jekins, que interpreta Giles, o vizinho e melhor amigo da protagonista.

Amantes das animações da Disney podem enxergar em The Shape of Water uma versão para adultos dos seus maiores clássicos, como The Beauty and The Beast (1991) e The Little Mermaid (1989). O filme entrega elementos de aventura, mistério, romance e fantasia durante as suas duras horas de duração no maior estilo Guillermo del Toro. O filme está em circuito nos cinemas canadenses desde 7 de dezembro de 2017 e já arrecadou mais de 39 milhões de dólares americanos ao redor do mundo.

Sobre Jornal de Toronto (117 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

1 comentário em Filme da semana!

  1. Já quero assistir!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s