News

Filme da semana!


2017 foi um ano amplamente controverso na indústria cinematográfica hollywoodiana.


Leandro Calado é jornalista pela Universidade Federal de Sergipe e mora em Toronto

2017 foi um ano amplamente controverso na indústria cinematográfica hollywoodiana. Diversas denúncias relacionando figuras poderosas do cinema a escândalos sexuais vieram à tona, afetando o meio em grande escala. Mesmo sem ter sido citado em escândalo algum, Ridley Scott (responsável pela franquia Alien) teve seu trabalho mais recente, o longa All The Money In The World, afetado por tais alegações.

O filme constava com Kevin Spacey (American Beauty) como coadjuvante, mas após ter sido exposto pelo ator Alan Rapp (Rent), que afirma ter sido vítima de Kevin quando tinha 14 anos em um abuso sexual, o diretor bravamente tomou a decisão de excluí-lo da obra e refilmar em dez dias todas as suas cenas com um ator diferente. O canadense Christopher Plummer (Begginers) foi o substituto escolhido por Ridley para representar o bilionário Jean Paul Getty na trama.

Baseado em fatos reais, o filme acompanha os desdobramentos do sequestro de John Paul Getty III (Charlie Plummer) na Itália, em 1973, e a luta de sua mãe, Gail Harris (Michelle Williams), para convencer o avô do garoto a pagar o resgate. Enquanto negocia a segurança do seu filho com os sequestradores, Gail é auxiliada pelo detetive Fletcher Chase (Mark Wahlberg).

O filme acerta na escolha do elenco, contando com excelentes atuações de Michelle Williams e Christopher Plummer, mas fracassa ao apresentar a narrativa num ritmo lento. Outro aspecto negativo é o desenvolvimento de Paul Getty III, que mesmo em situação de refém, não consegue causar tanta empatia, sendo preciso chocar a audiência com cenas explícitas de tortura para causar alguma comoção.

É nítido que o que fez All The Money In The World ser um dos grandes nomes de 2017 foi a decisão do diretor de excluir Kevin Spacey da trama, pois a obra em si não tem muito o que oferecer. O longa-metragem estreou em alguns cinemas de Toronto na última segunda-feira (25) e já garantiu as indicações de Melhor Ator Coadjuvante em Filme de Drama para Christopher Plummer, Melhor Atriz em Filme de Drama para Michelle Williams e Melhor Diretor para Ridley Scott nos prêmios do Globo de Ouro 2018.

Sobre Leandro Calado (19 artigos)
Nascido no Rio de Janeiro e nordestino de coração, Leandro Calado é jornalista graduado pela Universidade Federal de Sergipe. Em 2017, trocou o menor estado do Brasil pela imensidão de Toronto. Apaixonado pela sétima arte e cultura pop em geral, escreve semanalmente para a versão online do Jornal de Toronto, onde indica (ou não) filmes para os leitores.

1 comentário em Filme da semana!

  1. Não tinha acompanhado toda a polêmica desse caso, até ouvi algo sobre esses dias, mas me interessei para ver o filme também.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s