Canadá planeja receber 432 mil imigrantes em 2022

O que devemos esperar desse plano?

Foto: David Peterson.

Gabriel Viana é consultor de imigração

O governo canadense discutiu recentemente no Parlamento o plano com os níveis de imigração a serem alcançados pelo Canadá entre os anos de 2022 e 2024. Para 2022, a novidade é que se aumentou a meta de 411 mil imigrantes para cerca de 432 mil. O que devemos esperar a partir desse plano?

Para esse ano, cerca de 56% dos imigrantes previstos são da categoria econômica (cerca de 241 mil). Esses programas federais baseados no Express Entry correspondem a 22%. Inclusive, o ministro da imigração Sean Fraser afirmou que em breve podemos voltar a ter sorteios do Canadian Experience Class e que podemos esperar que nos próximos anos o Express Entry retome a normalidade.

Falando em Express Entry, o número de vagas disponíveis foi reduzido para dar mais espaço aos imigrantes que deverão ser chamados pelo programa TR to PR que rodou no ano de 2021 (16.5% das vagas para imigração econômica esse ano). O backlog nesse programa tem deixado muitos candidatos ansiosos pela falta de respostas sobre suas aplicações.

Em relação aos programas provinciais, serão mais de 83 mil imigrantes pelos programas, o que demonstra certa necessidade do Canadá em levar trabalhadores e imigrantes para províncias com grande demanda. Nesse número não se incluem os 6.250 imigrantes que devem ser chamados pelo programa do Atlântico, que agora se tornou definitivo.

Fora da imigração econômica, que terá seu destaque, 105 mil imigrantes devem vir dos programas de reunião familiar. Estão previstas 25 mil vagas para o programa de patrocínio de pais e avós. O restante virá da imigração através de refúgio e pessoas protegidas (cerca de 76 mil) e de programas de humanitário e compaixão (8.250 pessoas).

Nesses números não incluem os imigrantes destinados à província do Québec que têm seus números guiados por um plano de imigração próprio.

Vale a pena lembrar, igualmente, que esses planos têm o intuito de criar diretrizes e são sujeitos a alterações baseadas em políticas do governo.

Para saber mais sobre imigração, ouça o nosso podcast “Como imigrar para o Canadá”:

Sobre Gabriel Melo Viana (15 artigos)
Gabriel Melo Viana é advogado no Brasil, Mestre em Direito pela Universidade de São Paulo e L.L.M Candidate na Osgoode Hall Law School, em Toronto, no programa de Canadian Common Law. Possui MBA em Gestão Empresarial pela FGV e expertise em Direito no âmbito internacional, além de experiência em docência no Ensino Superior.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: