Fevereiro apresenta as suas próprias amarras

Deve-se priorizar uma vida confortável ou embarcar em alguma aventura?

Foto: Philip Olson_Pixabay.

Pai Elton é astrólogo

Talvez você seja muito jovem para se lembrar do filme The Bridges of Madison County. Esta obra cinematográfica fez um sucesso retumbante, tanto de crítica quanto de público, no longínquo ano de 1995. Surpreendentemente ela aborda uma situação relativamente comum.

Uma moradora de uma cidadezinha dos Estados Unidos se viu tentada a abandonar a sua vida pacata com o marido para fugir com um forasteiro. Francesca Johnson claramente se sentia incompleta; um lado seu já se acostumara com a segurança do lugar onde vivia, mas um outro ansiava por muito mais liberdade. Ironicamente, este conflito de Francesca é exatamente o que os astros revelam no momento.

Num canto do zodíaco, estão agora Urano e Marte transitando no signo de Touro. Eles têm a difícil missão de assegurar a subsistência, ou mesmo em gerar lucro. Num signo que preza justamente pela segurança material, a presença destes dois planetas em Touro por si só já ameaça bastante a estabilidade.

Em um outro ponto distinto do céu, há uma série de planetas transitando em Aquário, o signo da rebeldia. São eles: Sol, Vênus, Mercúrio, Júpiter e Saturno. Esta concentração energética ocorre principalmente nos primeiros vinte dias do mês.

Agora alguns de nós podem estar revivendo o drama de Francesca da seguinte maneira: Deve-se priorizar uma vida confortável ou embarcar em alguma aventura? Às vezes, não dá mesmo para conciliar desejos tão distintos. Mas, na verdade, a dúvida do momento atual não se deve só às quadraturas realizadas pelos planetas em Touro e Aquário. Mercúrio também anda retrógrado nos primeiros vinte dias deste mês. Por isto, é bom mostrar atenção redobrada em questões relacionadas à tecnologia, amizades ou grandes grupos. Assim pode-se poupar de alguns aborrecimentos desnecessários. No mais, também deve-se evitar tomar decisões sem ter todas as informações possíveis, ou mesmo sem saber das implicações de possíveis ações.

Por fim, é oportuno salientar aqui que tanto Touro quanto Aquário são signos fixos. Por isto, há uma certa dificuldade para que questões importantes mudem neste período. O impasse deve continuar espremido entre a passividade de Touro e a rebeldia de Aquário. Neste momento, ao invés de se agoniar tanto, o melhor mesmo é esfriar a cabeça e confiar que os perrengues atuais devem continuar a servir para uma grande evolução coletiva. Muita paz a todos!

Pai Elton é um astrólogo que atende em Toronto e que conta com mais de 20 anos de estudos e prática na área. Para maiores informações sobre consultas, visite Pai Elton Astrology no Facebook.

Sobre Jornal de Toronto (657 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: