News

O ano novo na vida nova


Ano novo, país novo, clima novo. Ao invés de vestidinho branco e sandália de dedo, é meia calça fio 80 e bota com pelinho dentro.

Ilustração de Fabio Ludesi.

Luiza Sobral é colunista do Jornal de Toronto

Ano novo, país novo, clima novo. Ao invés de vestidinho branco e sandália de dedo, é meia calça fio 80 e bota com pelinho dentro. Champanhe só em lugar fechado, pois não pode beber na rua. Feliz Canadá 2020!

É um choque; não só térmico, mas também cultural. Mas calma, sister (ou brother), eu te entendo. Você não está só. Somos milhares de brasileiros por aqui, acostumados com o réveillon tropical e festeiro, e agora lidando com hands and feet warmers para entrar no Ano Novo sem morrer de frio.

Ilustração de Fabio Ludesi.

Mas vou lembrar o que todo mundo sabe: a felicidade não está fora, mas dentro de nós.

Sério! Ano Novo em Toronto vai ser legal, sim. Olha onde dá para passar a virada:

Na CN Tower

Imagina dançar naquele chão de vidro a 350m de altura, com Toronto aos seus pés? Esse é o segundo ano que a torre organiza festa de réveillon, e os ingressos acabam rapidinho ($200/pessoa). Também vai ter festa para as crianças na parte da tarde.

No Museu

O ROM (Royal Ontario Museum) oferece festa com banda e DJs em meio a suas exibições permanentes e temporárias. Além disso, dá para fechar pacote com jantar. A partir de $90/pessoa.

No Aquário

Nada como celebrar a virada do ano bebendo como um peixe. Aliás, com os peixes, tubarões e afins do Ripley’s Aquarium. Acesse o site para ingressos e mais informações.

Sambando com passistas

Para quem quer entrar no clima Brazil for Gringos, ou prometeu começar a dieta ano que vem: as quatro unidades do Copacabana Steakhouse oferecem jantar especial dia 31. Opção legal para ir com a família.

Patinando no gelo no Harbourfront Centre

Um programa ótimo, inclusive para levar as crianças, é passar a virada na pista de patinação do Natrel Rink. Com DJs ao vivo animando a festa e entrada gratuita, a movimentação é grande. Vá preparado e leve seus próprios patins para não precisar enfrentar a fila do aluguel de equipamento.

Na Nathan Phillips Square

Ver os fogos de artifício no meio da muvuca: clássico! Desde que você esteja rodeado por pessoas que você goste e se agasalhe bem, esse programa de graça pode ser a melhor experiência para sua entrada de ano.

Ilustração de Fabio Ludesi.

No bate-e-volta

Ou, claro, você pode fazer uma mini viagem e aproveitar as festas maravilhosas de cidades icônicas e “pertinhas” como Niagara Falls e Montreal, ou pode até ver a bola cair em Nova York. Melhor ainda? Alugar um cottage em Collingwood e passar o réveillon em Blue Mountain.

Mas quer um conselho? Esqueça minhas sugestões até aqui.

Faça uma festa em casa. Reúna os amigos, conhecidos, vizinhos. Encha sua casa de amor, e assim o seu coração também.

Feliz ano novo!

Sobre Luiza Sobral (49 artigos)
Luiza é paulista de nascença, baiana de coração, e adoraria morar no Rio. Viajando o mundo em 2008, acabou conhecendo seu marido no Canadá. Está em Toronto desde 2011, onde se certificou como jornalista. Ama escrever, principalmente sobre viagens e outras maravilhas da vida.

1 comentário em O ano novo na vida nova

  1. Muito bom!
    Parabéns!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s