News

Todo ano é igual: Um guia para curtir os festivais


10 dicas para não deixar a temporada dos festivais passar em branco. Porque branco a gente deixa para o inverno.

BrazilFest, que acontece todo ano no Earlscourt Park, em Toronto.

Letícia Tórgo é escritora, tradutora e produtora cultural

Todo ano é igual. Conforme a temperatura aumenta vagarosamente, o céu fica mais azul, as árvores mais verdes, as calçadas mais cheias de gente. E junto com o verão, vem a tão esperada temporada dos festivais. São tantos que a gente sempre pensa que não precisa planejar muito. Basta dar uma caminhada que um palco vai surgir à nossa frente.

Na teoria, é lindo, mas na prática, não é bem assim… Todo verão tem seu fim e se a gente não abre bem os olhos, os braços e as janelas, quando vê, “puf!”, acabou. E aquele festival, aquele evento, aquele show que a gente queria tanto ver, passou.

Então, que tal algumas dicas leves e despretensiosas para não sofrer da síndrome pós-verão? Aqui vai minha pequena contribuição para não deixar a temporada dos festivais passar em branco. Porque branco a gente deixa para o inverno.

1. Selecione ao menos dois festivais preferidos e acompanhe a programação. Vale redes sociais, newsletter, notificações… tudo o que estiver ao seu alcance para não perder nada e poder curtir seus eventos preferidos.

2. Crie sua tribo. Faça uma lista daqueles amigos que dizem “sim” para todos os seus convites e conte com eles quando a preguiça bater. Convide-os para os eventos que tem interesse em ir, para não esmorecer quando a data chegar.

3. Confirme presença nos eventos através do Facebook, mas também coloque as datas e horários em sua agenda. Se você usa Google Agenda, por exemplo, a própria rede social permite enviar um e-mail ou exportar um evento que pode ser importado para a agenda automaticamente. Assim você evita perder algo importante porque não viu a notificação do Zuc.

4. Não exagere na bebida. Se você já é veterano dos festivais, sabe que não é comum a galera “meter o pé na jaca” por aqui. Aliás, se a ideia é curtir a música, o clima, o ambiente e a companhia, a bebida deve estar presente para acompanhar a festa e não para acabar com ela. Para os mais saidinhos, vale lembrar que é proibido entrar em festivais com bebidas. Não esqueça também de retornar seu eco-cup no fim do festival, garantindo a sustentabilidade do evento e recebendo de volta seu depósito pelo copo retornável.

5. Tenha sempre uma canga para se esticar na grama, para conversar no intervalo dos shows ou para descansar entre uma banda e outra. Se você é menos “roots” e mais canadense, vale também levar aquelas cadeirinhas e banquinhos de plástico e lona que são bem comuns pelas terras do Norte. Só não esqueça que a canga é leve e mais fácil de carregar.

6. Chapéu, água e, quem sabe, um casaquinho. Sim, a temperatura por aqui está sempre em pauta e no verão não seria diferente. Hidrate-se, proteja-se e lembre-se que, segundo o aplicativo, mais tarde pode esfriar. Como mamãe já dizia “não esquece o casaquinho”.

7. Mapeie os banheiros que ficam próximos da área dos festivais. Claro que sempre podemos contar com banheiros químicos, mas saber que ali naquele hotel, naquele Tim Hortons ou naquele bar tem um banheiro acessível e limpinho, às vezes, é dica de ouro.

8. Respeite “a bolha”. Não invada o espaço do outro. Se esbarrar, peça desculpas. Se for esticar sua canga, mantenha um mínimo de distância. Se quiser ver o show de pertinho, chegue cedo. Não é porque tem espaço entre as pessoas que você pode chegar depois que o show começou e tentar pegar o melhor lugar na plateia. Se o show não estiver legal e você quiser conversar, afaste-se da frente do palco para não atrapalhar quem está lá pela música. 

9. Transforme a temporada dos festivais em um evento família. Lembre-se que a maior parte dos eventos realizados no Canadá, em geral, são baby-friendly e é super comum ver crianças pequenas com grandes fones de ouvido, carrinhos de bebês no meio da galera e programação especial para os pequenos. É de cedo que a gente mostra para os pequenos como arte e cultura são importantes.

10. Lembre-se: o verão é uma delícia, a vitamina D é de graça e a diversão é garantida. Aproveite! Curta! Participe dos festivais! Quando as folhas começarem a cair e o outono chegar, você vai estar de baterias recarregadas para o inverno. Porque sim, todo ano é igual. E o calor não dura para sempre.

Sobre Jornal de Toronto (283 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s