News

Vai viajar para o Brasil?


5 dicas que vão te ajudar a economizar e manter as suas contas em dia.

Foto: Holger Detje.

Alexandre Rocha é colunista do Jornal de Toronto

Nos meses de junho e julho, muitos brasileiros costumam viajar para o Brasil. Mas a viagem não começa no aeroporto. Ela começa muito antes. Tenha em mente que você vai passar um período no Brasil, mas aqui, no Canadá, as contas não vão parar de chegar. Para evitar surpresas desagradáveis e gastos inesperados, eu preparei 5 dicas que vão te ajudar a economizar e manter as suas contas em dia.

Antes de tudo: planejamento financeiro

É muito bom ir ao Brasil visitar a família, rever amigos, curtir uma praia e beber uma cervejinha gelada. Tudo é festa! Planeje com muita antecedência todos os seus gastos na viagem, mas sem esquecer das suas despesas aqui. Se você não vai colocar o seu apartamento no Airbnb, não tem saída: suas contas estarão te esperando.

A dica é criar um fundo de reserva para a viagem e um outro para o seu retorno. Você acha difícil? Difícil vai ser quando você voltar e não se planejar. Vá depositando mês a mês uma quantia que possa minimizar o impacto que você terá no seu orçamento com a sua ida ao Brasil. A ideia aqui não é guardar 100% de todos os gastos. No way! Se você puder fazer isso, ótimo! Mas o objetivo é acumular um montante que vai deixar a sua viagem mais leve e ter uma reserva financeira para as suas despesas fixas. É o clássico “você ainda nem foi mas já está pensando na volta”.

Alertas para passagens aéreas

E essa mania de brasileiro que deixa tudo para a última hora? Chega! Se você possui datas flexíveis para viajar, experimente colocar um alerta no Google Flights com diferentes possibilidades de dias e horários, em um intervalo de 2 a 3 semanas. Dependendo da data, você poderá encontrar opções mais baratas de voos. Mesmo se você não tiver esta flexibilidade, uma pequena pesquisa em 3 dias diferentes dentro de uma mesma semana já é o suficiente para encontrar descontos significativos nos bilhetes.

Seguro viagem

Se você é daqueles ou daquelas que acha que nada vai acontecer com você e só acontece com os outros, eu pensaria duas vezes. Nem pense em viajar sem um seguro. Mas calma que você pode se proteger sem gastar um “tostão”. Verifique com a administradora do seu cartão de crédito se você possui direito ao seguro viagem internacional. Geralmente, ao comprar as passagens com o cartão, e dependendo das cláusulas do seguro, você terá direito à proteção durante o período da viagem. Esta é mais uma maneira de poder economizar nos gastos com viagem.

Câmbio

“Quem converte não se diverte!” Já ouviu isso? Aqui é o oposto, minha gente! Com renda em dólares canadenses, você pode usar o câmbio a seu favor e se beneficiar de uma cotação interessante na viagem ao Brasil. Em economia, a variável câmbio é muito temida porque envolve diversos fatores em sua previsão. É quase impossível saber o valor exato da moeda para uma determinada data. Busque acertar a tendência. Para você, que ganha em dólares e vai gastar em Real, quanto maior a desvalorização da moeda brasileira em relação à canadense, melhor. Neste caso, não tente acertar o câmbio exato. Conforme a cotação for subindo, vá trocando aos poucos os seus dólares e desfrute daquela sensação boa de receber o seu salário em moeda forte. Converta sim e sorria a cada vez que o câmbio subir.

Comprinhas

Ah… só aquela última garrafa de cachaça. Você está no Brasil com a família e amigos. Você quer comprar tudo, trazer coisas que farão você pagar excesso de bagagem e se arrepender depois. Calma que o mundo não vai acabar. Você sabe que aqui no Canadá podemos encontrar praticamente tudo que existe no Brasil. Então, controle o impulso e, antes de gastar o seu suado dinheiro, reflita se realmente você precisa trazer mais uma garrafa de cachaça… “Não faça compras no supermercado quando estiver com fome e nem prometa coisas quando estiver feliz.”

Um pouco de planejamento e autocontrole é tudo o que você precisa para economizar na sua viagem e retornar com as finanças em dia.

Sobre Alexandre Rocha (13 artigos)
Alexandre Rocha é trader nos mercados futuros do Brasil, EUA e consultor financeiro independente. Em 2014, deixou o Banco do Brasil para fundar a consultoria Aletinvest. Se formou em economia pela UCAM-RJ e é mestre em Études Internationales pela Université de Montréal. Atualmente mora em Montreal, mas é apaixonado por Toronto. _ www.aletinvest.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s