News

A depressão de inverno


Essa depressão é caracterizada por um estado anormal de tristeza ou redução de energia nos meses mais frios e menos ensolarados do ano.

Foto: Ina Hoekstra.

Tania Aloísio é psicoterapeuta em Ontário

Depois da colorida estação de outono, chega o inverno e é comum também o aparecimento de diversas doenças e condições típicas desta estação. Uma delas é a chamada “depressão de inverno”, também conhecida como “depressão sazonal” ou “transtorno afetivo sazonal”. Essa depressão é caracterizada por um estado anormal de tristeza ou redução de energia nos meses mais frios e menos ensolarados do ano.

Há muitas controvérsias sobre a causa exata, mas muitos estudiosos acreditam que esse tipo de depressão está relacionado com uma necessidade do organismo de luz. Dentre as principais causas relacionadas à depressão de inverno estão o aumento da melatonina, que é um hormônio regulador do sono produzido no escuro, e a diminuição da serotonina, que aumenta consideravelmente quando a pessoa se expõe à luz. Assim como a depressão comum, a depressão de inverno costuma atingir mais as mulheres do que os homens, e a idade mais afetada costuma ficar entre os 20 e 40 anos. Em Toronto, este tipo de depressão tem sido responsável por grande parte dos suicídios que acontecem no inverno.

Os principais sintomas são: fadiga e isolamento social, aumento anormal do sono e dificuldade de levantar de manhã; aumento de apetite, especialmente por doces e massas; falta de concentração e dificuldade na execução de tarefas rotineiras, diminuição do desejo sexual; mudanças no humor, com episódios de angústias, apatia e irritabilidade; baixa autoestima, com a presença de pensamentos negativos e, no caso das mulheres, piora da tensão pré-menstrual.

A depressão de inverno segue o mesmo tratamento da depressão comum – através de psicoterapia e, em alguns casos, antidepressivos e light terapia –, mas muitos pacientes melhoram espontaneamente quando muda a estação e o inverno acaba.

Experimente também as seguintes dicas: ter uma alimentação saudável e fazer exercícios regularmente; reduzir o estresse que te consome energia; ter um horário para meditação e relaxamento; decorar sua casa com cores quentes que lembrem dias de sol; ter plantas e flores em casa; procurar ouvir músicas alegres; ter uma vida social ativa (encontro com amigos, sair para jantar); e tirar férias de alguns dias no inverno.

Lembre-se: depois do inverno, com certeza a primavera chegará colorindo outra vez a sua vida e tudo voltará ao normal; por isso, seja feliz, mesmo nos dias cinzentos, mantendo a esperança da chegada de uma nova estação.

Sobre Jornal de Toronto (172 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s