News

Meu primeiro emprego no Canadá


A rotina do College não ajuda, e vai ser bem cansativo – mas quando acaba o dinheiro, não tem opção, né?

Foto: Quinn Kampschroer.

Letícia Xis é estudante em Toronto

Consegui meu primeiro emprego no Canadá! Yay! A rotina do College não ajuda, e vai ser bem cansativo – mas quando acaba o dinheiro, não tem opção, né?

Eu, com o visto de estudante, só posso trabalhar 20h semanais durante as aulas, e 40h semanais nas férias. Fora isso, eu tenho que estar disponível para o College das 8am às 6pm, para que eles encaixem as aulas nesse período. Empregos em TI, nessas condições, eu diria que beira o impossível; a única coisa que eu ia conseguir era mesmo comércio e afins, que têm horários mais flexíveis.

O processo foi old school, montei um currículo mais simples, voltado para o atendimento ao cliente, imprimi vários e saí entregando pessoalmente. Como moro perto de uma avenida movimentada, fui nas lojas próximas e também no Eaton Centre, em Downtown. Eu também tinha planos de ir ao Dufferin Mall, que é muito frequentado por brasileiros, mas não precisei.

Eu entrava na loja, achava alguém e perguntava “Are you hiring?”; se sim, eles mesmos pediam meu currículo e eventualmente faziam algumas perguntas básicas, ou diziam que o processo era online e me davam o endereço do site para eu me cadastrar; se não, eu só agradecia e ia para a próxima. No shopping, a maioria das grandes lojas não aceitam currículo na hora, e pedem para fazer o processo online, mas em várias dessas a/o gerente já conversava comigo e anotava meu nome. Então, de qualquer jeito, acho que vale a pena ir pessoalmente sim.

Na última loja que eu entrei nesse dia, a gerente agendou uma entrevista. Saí de lá feliz e morrendo de medo. Apesar de eu ter entregue o currículo lá, era a loja que eu menos queria trabalhar, porque eu teria que falar inglês muito mais do que em qualquer outra loja.

Chegou o dia da entrevista. Eu estava tendo um ataque de nervos, queria chorar e sair correndo, mas sorri e entrei na loja “fingindo costume”. E eu fingi costume tão bem, mas tão bem, que acabei conseguindo o emprego. Então, já fica a dica: não se deixem intimidar pelos entrevistadores.

Enfim, esse foi meu processo para conseguir o meu primeiro emprego. O que eu percebi, mais do que outra coisa, é que precisamos criar oportunidades para estar no lugar certo na hora certa.

Sobre Jornal de Toronto (239 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s