Cuidado com os falsos profissionais de imigração

Confira se o consultor pode realmente atuar no Canadá

Foto: Nadeem Saleem.

Gabriel Viana é consultor de imigração

Infelizmente muitos falsos profissionais estão por aí oferecendo serviços de imigração e algumas vezes eles podem até destruir o sonho de muitas pessoas por não estarem devidamente registrados. Não é todo mundo que pode prestar esses serviços. Para lhe ajudar a saber se o profissional que está lhe atendendo é devidamente autorizado para tal, vamos explicar rapidamente quem pode e onde você pode conferir as credenciais do profissional, antes mesmo de marcar uma consulta.

Quem, afinal, pode prestar serviços de imigração para o Canadá?

Consultor de imigração (RCIC)

Consultor de imigração – ou RCIC – é aquele que é devidamente cadastrado no ICCRC (Immigration Consultants of Canada Regulatory Council). Muitos se denominam consultores de imigração sem o sê-lo – ou usam nomes similares – e isso pode colocar sua aplicação em risco. O profissional registrado segue uma série de requisitos como, por exemplo, ser devidamente segurado e seguir à risca um código de ética profissional. Não basta ter o diploma de consultor, mas deve ter a licença devidamente ativa no órgão regulatório.

Confira o profissional no site do ICCRC: https://iccrc-crcic.ca/find-a-professional/

Advogado (Lawyer)

Advogados são aqueles devidamente registrados como tal na Ordem dos Advogados de determinada província. Em matéria de imigração, os advogados podem exercer todos os serviços em todas as esferas, incluindo a Corte Federal, a Corte Federal de Apelação e o Supremo Tribunal. Ser advogado no Brasil não é o mesmo que ser advogado no Canadá. Para conferir se o seu advogado é devidamente registrado, você pode acessar o site da Law Society de sua província. Em Ontário, a Law Society regula tanto os advogados quanto os paralegals. Deve-se lembrar que nem paralegals, nem Foreign Legal Consultants são considerados advogados.

De acordo com a Law Society de Ontário, paralegals não podem prestar serviços como preencher formulários ou preparar aplicações ao IRCC, exceto se devidamente cadastrados como consultores de imigração. Eles estão autorizados, entretanto, a prestar serviços de imigração relacionados a procedimentos ligados ao Tribunal de Imigração e Refúgio – somente para profissionais registrados em Ontário. Cumpre lembrar que alguns paralegals têm tentado reverter essa limitação imposta pela Law Society.

Confira seu profissional no site (em Ontário): https://lso.ca/public-resources/finding-a-lawyer-or-paralegal/lawyer-and-paralegal-directory

OBS.: Na província do Québec, regras específicas são aplicadas.

Para mais detalhes, ouça também o podcast que preparei sobre o tema:

Sobre Jornal de Toronto (725 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: