Jornal de Toronto passa a produzir três programas de podcasts

“Fala Toronto”, “Conversa Fora” e “Reverb”

Os apresentadores Erin Ademoglu, Nilson Peixoto, Alexandre Dias Ramos e José Francisco Schuster, nos estúdios do Jornal de Toronto.

José Francisco Schuster é colunista do Jornal de Toronto

Em uma fusão de iPod (marca do aparelho multimídia da Apple) e broadcast (transmissão), a palavra “podcast” é atribuída a um artigo do jornal britânico The Guardian de 2004. No final daquele ano, especialmente rádios públicas começaram a produzir podcasts, como a BBC (Reino Unido), CBC (Canadá) e ABC (Austrália). O primeiro podcast no Brasil foi o Digital Minds, de Danilo Medeiros, em outubro de 2004. A popularização crescente se deve à grande variedade de temas disponíveis, dos populares aos científicos, e pelo fato da maioria dos podcasts serem gratuitos. A recente Campus Party Digital Edition, um dos maiores eventos de inovação e criatividade do planeta, chegou a ter uma “Arena Podcast”, discutindo uso do podcast por grandes empresas na comunicação corporativa e institucional.

A pandemia vem servindo para o Jornal de Toronto expandir a sua presença online, já que o digital se tornou a maneira mais buscada para se informar nesse período. Além de uma ampliação no número de textos publicados, o JdeT tem fortalecido sua produção de podcasts. Antes da quarentena, as entrevistas do programa de rádio Noites da CHIN-Brasil já eram convertidas em podcasts no Jornal, que geraram 186 episódios.

Agora, passam a ser três programas de podcasts semanais. O primeiro a ser lançado foi o Conversa Fora, em abril, onde Alexandre Dias Ramos, editor-chefe do Jornal de Toronto, e Nilson Peixoto, membro do Conselho Editorial, discutem temas variados, eventualmente com a presença de convidados. O segundo foi o “Reverb”, em junho, com Erin Ademoglu. Em inglês, ele passa a agregar também os canadenses ao público do Jornal de Toronto/News&Arts. Agora em julho, no aniversário do JdeT, foi ao ar o Fala Toronto, programa de entrevistas com personalidades da comunidade de língua portuguesa. Com ele, dou seguimento à série de podcasts iniciada com o Noites da CHIN-Brasil, desta vez também incluindo convidados de outros países que falam português.

Ana Bailão, vice-prefeita de Toronto, e José Francisco Schuster, nos estúdios do Jornal de Toronto.

A importância de registrar as entrevistas em podcasts é clara. Recordo que nos programas em duas emissoras de rádio que tive antes da CHIN, ouvintes lamentavam quando não estavam disponíveis para ouvir as entrevistas no momento em que iam ao ar. O próprio convidado não tinha como divulgar a entrevista posteriormente para as pessoas que desejava. Sem serem gravadas, perderam-se no tempo. Já os podcasts, permitem que as entrevistas sejam ouvidas em qualquer dia, a qualquer hora, de qualquer lugar do mundo – e sem custo. O fato de a maioria dos podcasts do Jornal de Toronto ser atemporal faz com que não percam a atualidade, e por isso há uma procura contínua por episódios anteriores.

Os três programas de podcasts do Jornal de Toronto podem ser acompanhados tanto no site do Jornal como em plataformas consagradas, como Spotify, Apple Podcasts e SoundCloud.

Com a vantagem de não exigirem atenção dedicada, como outras mídias, os podcasts podem ser ouvidos durante outra ocupação, como afazeres domésticos, trabalhos manuais, na academia ou no transporte coletivo. Acompanhe, pois toda semana há episódios novos disponíveis para você, com valiosas informações. Afinal, como em tudo que é feito no Jornal de Toronto, procuramos nos distinguir pela qualidade, criatividade, inovação, diversidade e inclusão.

Sobre José Francisco Schuster (41 artigos)
Com quase 40 anos de experiência como jornalista, Schuster atuou em grandes jornais, revistas, emissoras de rádio e TV no Brasil. Ao longo dos últimos 10 anos, tem produzido programas de rádio para a comunidade brasileira no Canadá, como o "Fala, Brasil" e o "Noites da CHIN - Brasil". Schuster agora comanda o programa "Fala Toronto", nos estúdios do Jornal de Toronto.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: