News

O que é legal e o que não é


O carteiro chega anunciando: “Chegou sua maconha!”.

Ilustração de Fabio Ludesi.

Luiza Sobral é colunista do Jornal de Toronto

O carteiro chega anunciando: “Chegou sua maconha!”. O sogro começa a usar cápsulas de CBD para aliviar a dor nas costas, e o marido passa o verão tomando conta das plantas favoritas do Bob Marley no nosso quintal. Normal? Mais que isso: muito legal!

Dia 17 de outubro de 2019 completamos um ano da legalização da maconha no Canadá. Um ano de uma lei controversa que gerou muitos pontos de interrogação, muito ajuste burocrático e social, e, claro, muita curtição.

O maconheiro foi de hippie para hype.

Mas há uma diferença entre o que é legalizado e o que não é legal fazer. Apesar da medida tomada por Justin Trudeau ser imensamente liberal – o Canadá é o primeiro país do G7 a legalizar a cannabis em âmbito nacional –, não dá para achar que virou a festa do caqui. Aproveitemos o aniversário da Maria Joana para lembrar o que pode e o que não pode, nem com a desculpa de estar “lesado”.

É legal:

Conhecer o produto – Se decidiu experimentar, ou continuar a consumir, entenda direitinho os efeitos do uso. O site governamental Ontario Cannabis Store (www.ocs.ca) explica a diferença entre CBD e THC, entre Sativa e Indica, entre outros.

• Falando no site OCS, compre sua maconha legalmente ou online, ou em uma das lojas autorizadas. Já são 5 em Toronto, e mais 13 a serem abertas nos próximos meses.

• Mais legal ainda? Plantar sua própria plantinha – São 4 liberadas por domicílio. Um projeto de jardinagem que, se ao ar livre, fica para 2020: começa na primavera e colhe os frutos no outono.

Óleos, cápsulas, comestíveis, cremes – Fumar não é a única opção, e muito menos a mais saudável. A fumaça da maconha é tão prejudicial quanto a do cigarro.

Saber seu limite – Comece aos poucos para poder curtir os efeitos positivos que funcionam para você. Cada corpo reage de uma maneira.

Ilustração de Fabio Ludesi.

Mas não é bacana:

Dirigir e fumar – Matt, que já fuma maconha há mais de 10 anos, conta que a única coisa que mudou pós-legalização é que “agora preciso tomar mais cuidado ao dirigir”. Sim, se antes os maconheiros adoravam fumar ao volante, agora têm que entender que devem tratar o ato tão ilegal quanto beber e dirigir. Ambos os consumos prejudicam a coordenação motora. A polícia das estradas está de olho, e quem ganha com esse cuidado somos todos nós.

Vender – Não pode repassar ou vender a produção caseira. É crime federal que pode levar a até 14 anos de cadeia.

Viajar – Não é permitido cruzar a fronteira (ou embarcar em voos internacionais) com maconha. Pode falar para a sua turma brasileira que eles terão que vir pra cá se quiserem experimentar.

Fumar perto de crianças e adolescentes – Uma das prioridades do Cannabis Act é a saúde de jovens com menos de 19 anos. Portanto, a ofensa é considerada gravíssima para quem passar/vender maconha para menores. Também não pode fumar próximo de escolas e playgrounds.

Comestíveis e cremes tópicos serão legalizados para a venda dia 17 de outubro, no aniversário de 1 ano da legalização. Só depois dessa data os produtores serão regularizados e, provavelmente em dezembro ou janeiro, os produtos poderão ser vendidos legalmente – ou seja, cuidado com a distribuição dos space brownies e gummies que já rolam por aqui.

No fim, sabe o que é o mais legal? Saber usufruir de mais esse liberalismo que temos a sorte de desfrutar por aqui, mas com responsabilidade digna de um cidadão canadense. Sorry!

Sobre Luiza Sobral (47 artigos)
Luiza é paulista de nascença, baiana de coração, e adoraria morar no Rio. Viajando o mundo em 2008, acabou conhecendo seu marido no Canadá. Está em Toronto desde 2011, onde se certificou como jornalista. Ama escrever, principalmente sobre viagens e outras maravilhas da vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s