News

Almécegas


Uma crônica de Jhon Bermond.

Pintura de Jhon Bermond_www.jhonbermond.com

Jhon Bermond é ilustrador e designer

Certa vez, peguei uma bicicleta em Alto Paraíso e fui para a Fazenda São Bento, onde a mãe d’água preserva as cachoeiras Almécegas I e II. Andar de bicicleta pela estrada que corta o cerrado foi uma das melhores sensações entre duas rodas. No caminho, pegadas de onça, tucanos, fezes de guará, seriemas e maritacas animadas. Cheguei cedo e passei o dia todo desenhando, dormindo e sentindo as águas do rio que dança pelas grotas e veredas. Vi pessoas que chegavam e saíam. Algumas não chegavam, outras não saíam. Vi também o sol e as árvores que desenhavam no paredão. Enquanto ele descia, as cores mudavam. Folhas vermelhas e amarelas viravam barquinhos. Senti o passado, presente e futuro nesse lugar. Senti a água agitada na pedra e a calmaria dela no poço, como a vida é. No cheiro do breu-branco, ao passar do vento, sigo no entardecer pelo cerrado, onde logo vagalumes me guiam.

[Dedicado aos voluntários e brigadistas que protegem a Chapada dos Veadeiros quando arde em chamas.]
Sobre Jornal de Toronto (260 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s