News

Padronizado


A divertida websérie “Standardized” mostra o desafios de um ator brasileiro em sua busca pelo sotaque norte-americano padrão.


Leandro Calado é colunista do Jornal de Toronto

Aprender uma língua estrangeira não é fácil. Ainda mais difícil é precisar livrar-se do sotaque causado pela sua língua de nascença. Este é o drama vivido por Lipe, o protagonista da premiada websérie Standardized. Criada em 2015 por Felipe Viana (Parabolica) e dirigida por Mark Datuin (MAD Resilience Films), a produção canadense acompanha as visitas de um ator brasileiro a uma variedade de profissionais de fonoaudiologia.

Felipe Viana produz e protagoniza o seriado. Durante os nove episódios da primeira temporada, Lipe têm o auxílio de um grupo de pesquisa formado por fonoaudiólogos para que atinja o seu objetivo de perder o sotaque brasileiro e, consequentemente, conseguir mais papéis destinados para atores norte-americanos. O problema é que Lipe é um pouco egocêntrico e apresenta dificuldade em receber instruções e feedback, o que torna a vida dos pesquisadores mais complicada.

O seriado marca todas as colunas do que faz uma comédia ser boa. Devido à duração dos episódios – 3 minutos em média – as piadas vão direto ao ponto, o ritmo é rápido e não existe enrolação. As situações vividas pelo protagonista são fáceis de se identificar – por exemplo, as barreiras da comunicação causadas pelo sotaque e os estereótipos sofridos pelo povo latino num país de língua inglesa.

O produtor e ator Felipe Viana, na websérie “Standardized”.

Os traços da personalidade de Lipe dão motivos para não gostar do personagem, mas o resultado é completamente oposto. Apesar de todo egocentrismo, o carisma do ator prevalece e Felipe Viana tem uma performance hilária na websérie. O restante do elenco engrandece a produção com atuações igualmente engraçadas diante do objeto de estudo surreal que é Lipe.

Standardized possui duas temporadas e todos os episódios estão disponíveis online no YouTube.

Sobre Leandro Calado (19 artigos)
Nascido no Rio de Janeiro e nordestino de coração, Leandro Calado é jornalista graduado pela Universidade Federal de Sergipe. Em 2017, trocou o menor estado do Brasil pela imensidão de Toronto. Apaixonado pela sétima arte e cultura pop em geral, escreve semanalmente para a versão online do Jornal de Toronto, onde indica (ou não) filmes para os leitores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s