Tossir ou não tossir, eis a questão

Quem gosta de idoso é farmácia.

Ilustração de Valf.

Antônio Francisco Pereira é escritor em MG

Quem gosta de idoso é farmácia. Todo mundo sabe disso. E quem não gosta são os planos de saúde e as seguradoras. Alguns familiares também não. Tanto, que mandam seus genitores para os asilos, hoje rebatizados eufemisticamente de casas de repouso ou – segurem o fôlego – instituições de longa permanência para idosos. Quem garante o “longa” eu não sei.

Na Grécia antiga, como não existiam asilos nem planos de saúde, a solução era simples e prática, diziam as fake news da época. Os velhos, que já não tinham forças para guerrear, eram levados até o precipício, como o desfiladeiro das Termópilas. Lá, um empurrãozinho e pronto: desaparecia o ancião, com bengala e tudo. Nem precisava de caixão.

Mas, por que estou relembrando isso agora? Porque os planos de saúde acabam de receber o reforço de um poderoso aliado, que já deu a volta ao mundo: o corona vírus, com sua marcada preferência pelos idosos. Ou seja, por mim e minha turma. Parece até que foi de propósito. Veja que o nome do bichinho em latim (corona) não deixa dúvidas: “coroa”.

“E agora, José? Sua doce palavra, seu instante de febre…” Nada de pânico, mas estou com as barbas de molho. Um pouco triste também, porque meu aniversário se aproxima e só vou poder receber os cumprimentos a dois metros de distância. Beijos, nem pensar. Aquele abraço apertado que ganho todo ano da bela vizinha do 301, fora de cogitação. Não posso nem tossir perto dos convidados. No salão, quando muito, um baile de máscaras, cada um dançando com a própria sombra. E álcool, muito álcool… em gel.

Ilustração de Valf.

Pensando bem, até agora só vejo uma vantagem nessa situação toda. Minha mulher, precavida (palmas pra ela!), disse que vai evitar aglomerações. Isso quer dizer, basicamente, shopping centers. Portanto, vai deixar o cartão de crédito em quarentena por uns tempos. Ótimo. Essa abstinência vai me permitir encarar as novas alíquotas da contribuição previdenciária, que entram em vigor este mês, diminuindo meu salário.

Ah, falar nisso, já ia me esquecendo. A Previdência Social também não gosta de idosos. Principalmente aqueles que estão na fila para pensões e aposentadorias.

É isso aí: se ficar o bicho pega; se correr, morre na fila.

Sobre Jornal de Toronto (615 artigos)
O Jornal de Toronto nasce com o intuito de trazer boa notícia e informação, com a qualidade que a comunidade merece. Escreva para a gente, compartilhe suas ideias, anuncie seu negócio; faça do Jornal de Toronto o seu espaço, para que todos nós cresçamos juntos e em benefício de todos.

1 Trackback / Pingback

  1. “To cough or not to cough, that is the question” – VALF ILLUSTRATION

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: